14.12.2017  /  11:49

Pela primeira vez na história, o concurso de Miss França vai permitir vestidos curtos entre finalistas

As finalistas do Miss França || Créditos: Reprodução

Costureiro oficial do Miss França, uma das mais importantes e influentes vertentes do concurso de beleza internacional, Nicolas Fafiotte decidiu inovar na grande final do evento neste ano: marcada para sábado, 16, será a primeira em toda a história na qual as candidatas ao título de mulher mais bonita do país vão desfilar com vestidos bem curtos ao invés dos tradicionais (e obrigatórios, em alguns países) longos.

A ideia de Fafiotte é dar uma modernizada no evento, que está completando 88 anos. Além do corte no tecido ele também pretende apostar nas cores fortes a fim de realçar as pernas bronzeadas das finalistas. O couturier prepara ainda uma “surpresa” para o próximo sábado no que diz respeito ao vestuário das misses, que possivelmente envolverá a atual Miss França, Alicia Aylies, e que é um segredo guardado a sete chaves por ele.

O júri do Miss França é considerado um dos mais exigentes do mundo e é copresidido pela modelo e Miss Universo Iris Mittenaere e por Jean-Paul Gaultier. Os dois contarão com o apoio da comediante e cantora francesa Lorie Pester, da cantora e compositora Nolwenn Leroy e do ator espanhol Agustin Galiana na tarefa de escolher a vencedora. (Por Anderson Antunes)