17.09.2019  /  11:09

Paulo Coelho sai em defesa de Felipe Neto depois de ameaças de morte: “Não brinca com milicianos. Está fazendo o certo, mas realmente não se exponha”

Paulo Coelho sai em defesa de Felipe Neto || Créditos: Reprodução

Felipe Neto tem se posicionado fortemente contra os governos atuais do Brasil. Ele já reprimiu atitudes relacionadas à censura no mercado artístico de forma geral, políticas públicas, consumo de carne excessivo e preconceito contra as minorias, por exemplo. Sua conduta gerou reações positivas e negativas, principalmente na internet, como ameaças de morte direcionadas a ele e sua família, tanto que cancelou sua palestra no ‘Educação 360 Encontro Internacional’, que aconteceria nesta terça-feira, no Rio, e afirmou ter tirado sua mãe do país por segurança.

Depois da decisão, o youtuber ganhou o apoio de ninguém menos que Paulo Coelho, escritor brasileiros que mais vendeu livros em todo o mundo. Pelo Twitter, Paulo fez duas publicações. Uma em que colocou uma foto de Felipe com a seguinte mensagem: “ele poderia ser nosso filho. Nosso Felipe. Nosso Neto. Está contra a censura, a intolerância e a barbárie. Está do lado da diversidade, da liberdade de expressão e da literatura. Está do nosso lado. E nós estamos com ele.

Como resposta, uma declaração emocionada de Felipe. “Chorei é verdade” . E o papo não parou por aí. Comovido com a situação, o escritor ainda convidou o influencer para se refugiar na Suíça: “Não brinca com milicianos. Está fazendo o certo, mas realmente não se exponha. Qualquer coisa pode vir até aqui – Genebra é super vigiada por causa dos muitos corpos diplomáticos. Se precisar, me acione por DM”. Para finalizar, “Querido, você não faça ofertas assim que amanhã eu to batendo na sua porta.”

Aqui, a nota enviada por Felipe Neto à imprensa para informar os motivos do cancelamento de sua palestra.

“Felipe Neto, por meio de sua assessoria de imprensa, comunica que não participará do evento Educação 360, a ser realizado no próximo dia 17 de setembro, na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. O influenciador digital, escritor e empresário cancelou a sua palestra “Educação e a Criatividade” devido a ameaças que atentam contra a sua vida e de sua família. Desde a ação que promoveu contra a censura, a opressão e o preconceito na Bienal do Livro – onde comprou e distribuiu gratuitamente 14 mil exemplares com a temática LGBTQ – em um movimento em prol da liberdade de expressão, do amor, da inclusão e da diversidade, Felipe Neto vem recebendo todo tipo de ameaças. Diante do atual cenário e do risco iminente, que inclusive atinge aos seus familiares, o influenciador encontrou-se sem outra alternativa a não ser cancelar a sua participação. “Lamento profundamente a minha ausência no evento, minhas sinceras desculpas a organização, que me convidou, e a todos que aguardavam pela minha participação e pela minha palestra. É estarrecedor que no Brasil, em 2019, um indivíduo seja impossibilitado de se manifestar e lutar contra qualquer tipo de censura e opressão sem ser ameaçado. Quero dizer que continuarei lutando, enfrentando o obscurantismo e a opressão, por todos os meios que me cabem, pela defesa do amor e da união até o fim, até onde for possível e até onde minhas forças e meu coração aguentarem”.