27.09.2016  /  17:06

Parque do Ibirapuera vai receber esculturas de animais feitas de lixo

Protótipo da foca que será erguida em tamanho gigante no Parque do Ibirapuera
Protótipo da foca que será erguida em tamanho gigante no Parque do Ibirapuera || Crédito: Divulgação

Quando a cidade perde o instinto coletivo, uma luz vermelha se acende sobre a comunidade. Aí entra o projeto Zoo Urbano, que tem como principal objetivo recuperar a consciência coletiva e o engajamento dos indivíduos, comunidades, empresas e artistas. Por isso, a partir do dia 1º de outubro, 22 esculturas gigantes de animais estarão expostas no Parque do Ibirapuera por 30 dias. A experiência de aprendizagem colaborativa pretende dar vida ao lixo com a meta “trabalhar e criar juntos”.

Com curadoria do artista multimídia Burt Sun, que convocou os artistas Adriana Mattos, Beto Carrazzone, Alexandre Stefani, Claudiney, Didio, Fabio Benetti, João Di Souza, Francisco Rosa, Helena Sardenberg, Jaques Faing, Juvenal Pereira, Leopoldo Martins, Marjorie Yamaguti, Olivia Lambiasi, Sonia Costa, Sylvia Soares, Tida Ricco e Tito Cunha, Fabio Souza e o coletivo Acupuntura Urbana, a mostra reutiliza materiais dispensados pela cidade, encontrados no próprio parque, como base das esculturas.

Fabio Souza trabalha na escultura de uma tartaruga e o protótipo de um pato todo feito com material reciclável || Créditos: Divulgação
Fabio Souza trabalha na escultura de uma tartaruga e o protótipo de um pato todo feito com material reciclável || Créditos: Divulgação

E o melhor é que durante os 30 dias de exposição, o público terá a liberdade de fazer interferências na escultura, fazendo dela um registro da experiência compartilhada por meio de selfies que serão capturadas por um software e enviadas para monitores que estarão ao lado das obras durante a exposição.

Em tempo: a exposição será replicada na Art Basel Miami em dezembro. Cool!

De 1 a 31 de outubro
Parque do Ibirapuera – Av. Pedro Alvares Cabral S/N
Visitação Gratuita