01.04.2021  /  9:43

Paris Jackson revela em entrevista para Naomi Campbell que Michael era um pai bem tradicional

Paris e Michael Jackson
Paris e Michael Jackson || Créditos: Reprodução

Aos olhos do mundo, Michael Jackson sempre fez a linha “diferentão” quando o assunto era a relação do cantor com seus filhos. Mas, de acordo com Paris Jackson, o rei do pop era um pai bem tradicional. “Nossa vida com ele não se resumia a glamour e coisas do tipo, fomos levados a muitos museus e sempre foi uma preocupação dele que tivéssemos acesso à cultura”, a filha do meio de Jackson disse na última terça-feira durante uma participação no talk show “No Filter”, apresentado por Naomi Campbell no YouTube.

Ainda segundo Paris, que completa 23 anos no próximo sábado, o intérprete de “Thriller” não os enchia de presentes caros sem antes lhes cobrar algo em troca. “Se queríamos cinco brinquedos da FAO Schwarz ou da Toys R Us, tínhamos que ler cinco livros para ganhá-los”, explicou a modelo e atriz cada vez mais cheia de trabalhos, citando duas das mais famosas lojas de produtos infantis dos Estados Unidos.

Paris, aliás, ouviu de Campbell durante o bate papo que talvez seja “famosa demais” para ainda participar de castings e afins, e de cara respondeu para a supermodelo que leva sua carreira no mundinho muito a sério e não busca privilégios. “Eu trabalho duro, estudo roteiros, faço a minha parte”, continuou a irmã de Prince Michael I e Prince Michael II, que por último estrelou uma campanha eco-friendly para a Stella McCartney.

Sobre o álbum que lançou recentemente – “Wilted”, muito bem recebido pela crítica especializada dos EUA – Paris contou que puxou o gosto musical de Jackson e se inspirou nessa ligação dos dois para compor suas músicas. “Ele adorava música clássica e jazz, hip-hop e R&B, e também tudo da Motown, claro”, relembrou a mais conhecida dos herdeiros do eterno popstar. (Por Anderson Antunes)