27.02.2019  /  9:53

Parceria de Rihanna com gigante francês da moda recebe investimento de mais de R$ 255 mi. Tá?

Rihanna || Créditos: Getty Images

Se alguém tinha alguma dúvida de que a joint venture entre Rihanna e o conglomerado francês LVMH para criar uma marca de lifestyle não é uma parceria das grandes, basta dizer que o negócio acaba de receber € 60 milhões (R$ 255,6 milhões) para financiar sua expansão e também já tem um nome pomposo. Batizada Project Loud France em homenagem ao álbum “Loud”, lançado pela cantora em 2010, a nova empresa de moda terá como público alvo os jovens de alto poder aquisitivo e uma gama de produtos que vai incluir de roupas a acessórios e, possivelmente, até uma linha exclusiva de sneakers.

Rihanna não foi escolhida como sócia por acaso pelo LVMH, que é dono de marcas como Louis Vuitton e Dior, já que pesquisas indicam que ela é uma das celebridades que melhor se conectam com os os “millennials” – ou seja, a geração de pessoas nascidas a partir de meados dos anos 1980 que atualmente forma um dos maiores segmentos consumidores do planeta. O fato de que ela conta com mais de 237,4 milhões de seguidores nas principais redes sociais, aliás, é uma prova disso.

A intérprete de “Umbrella” também tem se mostrado uma excelente mulher de negócios no comando da Fenty Beauty, a marca de cosméticos para mulheres de pele mais escura que criou em 2017 e que só no ano passado registrou receitas na casa dos US$ 100 milhões (R$ 374,5 milhões). Some-se a isso a coleção de tênis descolados que a popstar desenhou para a Puma em 2016, um sucesso de vendas, e já dá pra dizer que o mundo da música se tornou pequeno demais para RiRi. (Por Anderson Antunes)