10.06.2017  /  8:00

Parabéns ao quadrado: por que Elizabeth II faz aniversário duas vezes por ano?

Elizabeth II || Créditos: Getty Images
Elizabeth II || Créditos: Getty Images

A lista de curiosidades sobre a rainha Elizabeth II é longa, mas entre as coisas que a tornam uma pessoa única no mundo destaca-se o fato de que ela faz aniversário duas vezes por ano: em 21 de abril, data que marca seu nascimento, e no segundo sábado de junho, seguindo uma tradição criada por George II – nascido em outubro, época gélida no hemisfério norte, ele preferia adiar os parabéns para o meio do ano, quando é verão acima da linha do Equador.

Mas qual a agenda dela, afinal, na segunda vez no ano em que sopra velinhas? Como a ideia de ter uma nova festa em clima quente surgiu justamente para atrair o público, o primeiro compromisso da monarca neste sábado será assistir a “Trooping the Colour”, uma cerimônia anual orquestrada pelos regimentos militares britânicos, que desfilam pelas ruas de Londres e, não por acaso, também é conhecida como “A Parada da Rainha”.

O evento é transmitido ao vivo pela rede de televisão britânica BBC e tem como ponto alto o momento em que Elizabeth II aparece ao lado dos herdeiros ao trono que ocupa desde 1952 na sacada do Palácio de Buckingham. Há ainda salvas de tiros de canhão em pontos famosos da capital inglesa como o Hyde Park, a Torre de Londres e o Windsor Park.

Em seu segundo aniversário, e ao contrário do primeiro, a rainha também recebe normalmente a famosa caixa vermelha que seus assessores lhe entregam todos os dias, contendo documentos que ela precisa assinar, e socializa mais do que costuma fazer em abril, quando é visitada apenas por familiares.

Mas nem sempre o segundo “birthday” da vovó dos príncipes William e Harry era comemorado em um sábado, já que até 1958 isso acontecia na segunda quinta-feira de junho. A mudança, discreta, foi instituída no ano seguinte pela própria rainha, já que ela acha o fim de semana mais conveniente para que seus súditos saiam de casa para vê-la. Foi nessa época, aliás, que ela disse uma das frases que melhor a definem, assim como seu reinado: “Eu preciso ser vista para que acreditem em mim”. Tem funcionado há 58 anos. (Por Anderson Antunes)