17.03.2013  /  11:00

Papa Francisco no meio de polêmica entre países pelas Ilhas Malvinas

David Cameron e Cristina Kirchner: disputa

E não demorou muito para que o imbróglio sobre a propriedade das Ilhas Malvinas viesse à tona após a eleição do Papa Francisco. No Reino Unido, o primeiro-ministro David Cameron foi questionado por repórteres sobre um pronunciamento feito no ano passado sobre a questão pelo então cardeal de Buenos Aires, Jorge Mario Bergoglio.

Na ocasião, ele havia dito que os britânicos “usurparam” as Ilhas Malvinas dos argentinos. “Eu discordo respeitosamente dele,” Cameron declarou, lembrando que os próprios habitantes de lá preferem a nacionalidade britânica. “A fumaça branca sobre as Malvinas é bem clara sobre isso”, Cameron completou.

O comentário não foi bem recebido na Argentina. A embaixadora do país em Londres, Alicia Castro, classificou as declarações de Cameron como “desrespeitosas”. E já está sendo noticiado que no encontro que terá com o pontífice na próxima semana, Cristina Kirchner pedirá o apoio dele “contra os britânicos”. Ai, ai…

O Papa Francisco: assuntos políticos