07.04.2014  /  14:04

Papa Francisco afirma: irá manter o Banco Vaticano em funcionamento

E não foi dessa vez que o Papa Francisco decidiu fechar o Banco Vaticano, considerado o maior gerador de escândalos da Igreja. Em um comunicado divulgado hoje, o pontífice deu fim a meses de especulação sobre o posicionamento dele a respeito do banco, afirmando que irá manter a instituição em funcionamento.

O Banco Vaticano foi fundado em 1942 e, ao longo dos anos, se transformou numa das instituições financeiras mais poderosas do mundo, e também em uma das mais ricas, embora o tamanho de seus ativos seja um mistério. Foi um escândalo dentro do banco, inclusive, que resultou na crise que culminou com a renúncia de Bento XVI.