28.03.2020  /  9:00

Pandemia faz desaparecer cãezinhos para adoção em Nova York. Entenda essa história!

Nunca se adotou tantos doguinhos em NY como agora || Créditos: ReproduçãoOs cachorros estão em falta em Nova York. Glamurama explica: é que a concentração em massa de pessoas em casa durante a maior parte do tempo, em razão da pandemia de Covid-19, fez com que muitos novaiorquinos cheios de tempo livre descobrissem que têm amor de sobra para dar e, por isso, vários deles congestionaram os abrigos de animais da cidade com pedidos para adotar um cãozinho.

Em alguns desses lugares, o aumento pela procura de animais de estimação aumentou mais de dez vezes só na última semana, é há inclusive alguns casos em que todos os bichanos órfãos abrigados ganharam novos donos do dia pra noite. A propósito, os gatos – que sempre foram unanimidade em NY – ao menos nesse momento atípico estão comendo poeira para seus “rivais” históricos quando o assunto é a preferência dos humanos.

De certa forma, essa corrida novaiorquina por pets também explica porque algumas empresas de capital aberto voltadas para eles estão nadando contra a maré na Bolsa de Valores de NY mesmo apesar da crise financeira causada pelo novo coronavírus. É o caso da varejista online Chewy, Inc., que vende rações, brinquedinhos e outros produtos do tipo e cujo papel teve uma alta de quase 10% desde o começo do mês. (Por Anderson Antunes)