15.02.2019  /  7:51

Pai e meia-irmã de Meghan Markle criticam George Clooney por ter defendido a ex-atriz

Samantha Markle e George Clooney || Créditos: Getty Images/Reprodução

Em uma entrevista que deu no começo da semana, George Clooney comentou que Meghan Markle “tem sido perseguida e vilanizada” do mesmo jeito que a princesa Diana foi em seus últimos anos de vida e sugeriu que a imprensa britânica é a grande culpada por isso. “É a história se repetindo, e a gente sabe como essas coisas terminam”, disse o ator, que é amigo de Meghan e do marido dela, o príncipe Harry.

Na mesma ocasião, Clooney classificou como “muito frustrante” as publicações recentes em tabloides do Reino Unido e da Austrália de partes de uma suposta carta íntima que Meghan enviou para o pai, Thomas Markle, na qual ela expressa sua decepção em relação às declarações públicas a seu respeito feitas pelo diretor de iluminação aposentando.

Foi o suficiente para que o astro de “Onze Homens e Um Segredo” ganhasse dois novos inimigos: Samantha Markle, a meia-irmã da duquesa de Sussex, e o próprio Markle. “Hey Clooney bobinho! Sua mulher advogada [Amal Clooney] deveria ter te ensinado a não fazer declarações públicas sem conhecer os fatos”, Samantha tuitou nesta quinta-feira.

Fontes próximas de Markle ouvidas pelo site “TMZ.com” também afirmaram que ele ficou irritado com os pitacos de Clooney, a quem também recomendou “pesquisar melhor” antes de opinar sobre sua relação com Meghan. Como Glamurama contou na última terça, a própria rainha Elizabeth II já mandou Harry resolver o quanto antes possível essa novela sem fim, antes que ela mesma decida fazê-lo. (Por Anderson Antunes)