06.02.2018  /  14:05

Pai de Ben Affleck culpa Hollywood por problemas dos filhos e dispara: “Lugar nojento”

Ben Affleck || Créditos: Getty Images

Em meio à revelação de que o primeiro filme dirigido por Ben Affleck – “Medo da Verdade”, de 2007 – vai virar série de TV, o pai do ator detonou Hollywood em uma entrevista exclusiva que concedeu para a revista “Grazia” do Reino Unido. Timothy Affleck culpou a capital mundial do cinema, que chegou a chamar de “lugar nojento”, pela luta do filho com o álcool e até pelo fim do casamento dele com Jennifer Garner.

“Esse lugar [Hollywood] pegou de cheio meus dois filhos”, Timothy disse, se referindo também a Casey Affleck, que está em processo de divórcio e é alvo de acusações de assédio sexual. “Acho que isso piorou o problema do Ben com a bebida. [Em Hollywood] você é obrigado a criar uma persona para o público que é diferente daquela que se vê em casa. Esse é um dos maiores problemas dessa indústria”.

Ele próprio um alcoólatra recuperado, o patriarca dos Affleck culpou ainda a fama dos filhos pelo rompimento de Ben com Jennifer. “É muito difícil viver no meio dessa tempestade de estrelismos. É uma vida cheia de cobranças e, nesse meio, os casamentos acabam o tempo todo”, queixou-se. Já sobre as acusações que pesam contra Casey, Timothy garantiu que criou os filhos muito bem e que ele e Ben “são homens bons que tratam bem as mulheres”.

Ben, por sinal, se viu envolvido no escândalo Harvey Weinstein depois que a atriz Rose McGowan – que afirma ter sido estuprada pelo produtor em 1997 – declarou diversas vezes ter revelado o crime para o astro de “Pearl Harbor” quando filmou com ele o thriller “Fantasmas”, em 1998. Affleck nega essa versão. (Por Anderson Antunes)