05.03.2018  /  12:02

Oscar 2018: as tendências, acertos, escorregadas e o déjà vu no red carpet da premiação

Deu branco: Margot Robbie, Timothée Chalame, Jane Fonda || Créditos: Getty Images

A 90ª edição do Oscar reuniu na noite desse domingo, no Dolby Theatre, em Los Angeles, os principais nomes do cinema mundial. Além da busca pela estatueta, o red carpet e seu aguardado desfile de looks é momento dos mais esperados. Embora um número pequeno de atrizes tenha usado preto, o dresscode não fez referência ao movimento #TimesUp. Inclusive o branco dominou a cena e alguns metalizados também se destacaram. As celebridades cruzaram o tapete vermelho mais famoso do mundo e mostraram quais devem ser as tendências da moda festa nesta temporada.

Um olhar bem atento para os brancos escolha de Margot Robbie, Laura Dern, Jane Fonda, da brasileira Camila Alves, e dos atores Jordan Peele e Thimothée Chalamet, que arrematou o smoking com um par de botas pretas pesadas. O mais bacana? O moço não teve ajuda de stylist nenhum, preferiu escolher ele mesmo o que iria usar na noite – um look feito para ele pelo estilista Haider Ackermann. Que acerto!

Teve também quem repetiu o look. Com alguns ajustezinhos, Rita Moreno reciclou o mesmo vestido usado no Oscar de 1962, ano em que recebeu a estatueta de melhor atriz coadjuvante por “West Side Story”. E não foi só ela. Para apresentar a categoria de Melhor Filme, a atriz Faye Dunaway apostou no vestido Esteban Cortazar usado na mesma premiação em 2017, quando anunciou o nome do filme vencedor errado, protagonizando um dos maiores micos da história do Oscar. Tiffany Haddish também entrou na onda e apostou pela terceira vez em um vestido all white Alexander McQueen. “Este vestido custou muito mais do que a minha hipoteca… é um Alexander McQueen, ok? Custa US$ 4.000. Vou usá-lo várias vezes!”, entregou a atriz. É isso aí! Aos looks na galeria abaixo. Qual seu favorito?