29.02.2016  /  11:20

Oscar 2016 consagra DiCaprio, decotes profundos e causa surpresa com melhor filme

Créditos: Getty Images
Jacob Tremblay, Charlize Theron, Brie Larson e Leonardo DiCaprio: os melhores do Oscar 2016 || Créditos: Getty Images

 

Muitos foram os acontecimentos do Oscar 2016, nesse domingo. Para começar, o red carpet. Este foi o ano dos decotes profundos e dos vestidos verdes e brancos. Mas foi Charlize Theron em um vermelho Dior que se destacou. Os looks all white da noite foram de Lady Gaga com macacão tomara que caia assinado por Brandon Maxwell, Rooney Mara de Givenchy e Olivia Wilde de Valentino. Os 50 tons de verdes também chamaram atenção: Saoirse Ronan foi de Calvin Klein e Rachel McAdams de August Getty Atelier. Quem mais? Naomi Watts arrasou de Armani azul de paetês, Alicia Vikander de Louis Vuitton amarelo ganhou memes na internet sendo comparada com a Bela de “A Bela e a Fera”, Cate Blanchett de Armani todo bordado e por aí vai.

A tão esperada abertura da noite feita por Chris Rock foi regada de ironias e seu discurso atacou a falta de indicações de atores negros. “Este é o Oscar mais louco para se apresentar, com toda essa controvérsia, nenhuma indicação para negros, e as pessoas dizendo que eu deveria boicotar, desistir…”, falou o apresentador em um dos momentos.

Leonardo DiCaprio, enfim, levou a estatueta de melhor ator por sua atuação em “O Regresso”, depois de cinco indicações. Mas o filme foi vencido por “Spotlight”, o que causou surpresa em todos. Em seu discurso, DiCaprio agradeceu a todos que o ajudaram ao longo de sua carreira e aproveitou para falar sobre seu engajamento social. “A mudança climática é real. Está acontecendo agora. É a ameaça mais urgente para a nossa espécie e precisamos trabalhar coletivamente e parar de procrastinar”, afirmou. Quem comemorou o bicampeonato foi o diretor Alejandro G. Inarritu, que levou a estatueta de melhor diretor por “O Regresso” depois de “Birdman”, em 2015. “Mad Max” foi o longa com o maior número de prêmios, somando seis no total. O Brasil, mais uma vez bateu, na trave. A animação “O Menino e o Mundo” perdeu a estatueta para “Divertida Mente”, como já era esperado.

Lady Gaga fez a apresentação mais bombástica da noite. Ela subiu ao palco para cantar “Til It Happens To You”, do filme “Hunting Ground”, que foi indicada ao Oscar de melhor canção original. Um grupo de vítimas de violência sexual ficou ao lado de Gaga enquanto ela cantava e tocava piano. Mas a música perdeu o Oscar para “Writing’s On The Wall”, de Sam Smith, trilha do filme “007 Contra Spectre”.

Na galeria, as estrelas que desfilaram na noite mais esperada do cinema mundial. Aos cliques!

A lista dos vencedores do Oscar 2016:

Melhor filme: “Spotlight: Segredos revelados”
Melhor ator: Leonardo DiCaprio (“O Regresso”)
Melhor atriz: Brie Larson (“O quarto de Jack”)
Melhor diretor: Alejandro G. Iñárritu (“O Regresso”)
Melhor canção original: “Writing’s On The Wall”, Sam Smith (“007 contra Spectre”)
Melhor trilha sonora: “Os 8 Odiados”
Melhor filme estrangeiro: “O filho de Saul (Hungria)”
Melhor curta de live action: “Stutterer”
Melhor documentário: “Amy”
Melhor documentário de curta-metragem: “A Girl in the River: The Price of Forgiveness”
Melhor ator coadjuvante: Mark Rylance (“Ponte dos Espiões)
Melhor animação: “Divertida Mente”
Melhor curta de animação: “Bear Story”
Melhores efeitos visuais: “Ex Machina”
Melhor mixagem de som: “Mad Max: Estrada da Fúria”
Melhor edição de som: “Mad Max: Estrada da Fúria”
Melhor montagem: “Mad Max: Estrada da Fúria
Melhor fotografia: “O Regresso”
Melhor cabelo e maquiagem: “Mad Max: Estrada da Fúria”
Melhor design de produção: “Mad Max: Estrada da Fúria”
Melhor figurino: “Mad Max: Estrada da Fúria”
Melhor atriz coadjuvante: Alicia Vikander (“A Garota Dinamarquesa”)
Melhor roteiro adaptado: “A Grande Aposta”
Melhor roteiro original: “Spotlight – Segredos Revelados”