OSB apresenta obras de Wagner e Brahms em concerto no Rio

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
Noite germânica da OSB começa com a interpretação de “O Idílio de Siegfried”

Duas peças alemãs fortes e exigentes na entrega dos músicos que se propõem a interpretá-las. A OSB abre o mês das férias com as obras “O Idílio de Siegfried”, de Wagner; e “Sinfonia nº 1 em dó menor”, de Brahms, em apresentação na Grande Sala da Cidade das Artes, na próxima segunda-feira, às 21h, com regência do maestro titular da orquestra, Roberto Minczuk.

Os ingressos já estão à venda na bilheteria da Cidade das Artes e no site Ingresso Rápido.

A noite germânica da OSB começa com a interpretação de “O Idílio de Siegfried”, composta em 1869. A peça traz como inspiração momentos da vida familiar e conjugal de Wagner, como o fato de ter sido concebida como um presente de aniversário para Cosima, sua mulher, após o nascimento do filho do casal. Na segunda parte do concerto, a orquestra traz ao público a “Sinfonia nº1 em dó menor”, de Johannes Brahms. A inspiração para escrevê-la surgiu em 1854 depois que o compositor escutou pela primeira vez a “Sinfonia nº9” de Beethoven. Decidiu compor a sua própria sinfonia também na mesma nota que a obra do conterrâneo, em dó menor.

*Roberto Minczuk é formado pela renomada escola de arte nova-iorquina Juilliard School, em 1987, e é regente titular da OSB e diretor artístico e regente titular da Filarmônica de Calgary. Sua trajetória na OSB lhe rendeu vários prêmios, como a Medalha Pedro Ernesto e os prêmios Bravo de Cultura e Carioca do Ano.

Cidade das Artes

Quando: Dia 7 de julho, às 21h

Onde: Grande Sala na Cidade das Artes, avenida das Américas 5.300, Barra da Tijuca