07.10.2017  /  8:00

Os segredos de Francisco Lachowski, o modelo brasileiro que conquistou o mundo

Francisco Lachowski || Créditos: Divulgação

Francisco Lachowski, ou Chico para os íntimos, faz parte de seleto grupo de modelos homens que conseguiu, em um mercado dominado por mulheres, um espaço poderoso. Até de “top”, designação sagrada na moda dada apenas aos mais mais do metiér, ele é chamado. Nascido em Curitiba, ele leva sobrenome herdado de sua ascendência polonesa. Vive em Nova York há anos e com sua mulher, a também modelo Jessieann Lachowski, tem dois filhos, Milo e Laslo.

Com sua trupe, Chico acaba de dar início a uma temporada em Paris. Foi pra lá cumprir a agenda da semana de moda da cidade, que chegou ao fim nessa terça-feira, mas vai estender a estadia. Para saber mais sobre o hype por trás de Francisco, detentor de mais de 1,8 milhões de seguidores no Instagram, confira a entrevista abaixo.

Glamurama: Qual foi o trabalho mais incrível que você já fez?
Francisco Lachowski: “Essa é uma pergunta muito difícil. Tem vários trabalhos que acho muito importantes e incríveis ao longo da minha carreira, como as campanhas da Dior, Balmain, L’Oréal, Tommy Hilfiger, H&M, Colcci… Mas os trabalhos que mais gosto são os que incluem viagens. Amo muito viajar, como Argentina para esquiar, andar de helicóptero e pousar no pico da montanha com vistas inesquecíveis ou quando vou para a Turquia com a Mavi, uma marca turca. É isso o que mais amo no meu trabalho.”

Glamurama: Quem foi a pessoa mais bacana com quem já trabalhou e por quê?
Francisco Lachowski: “Sem dúvidas foi quando trabalhei para uma campanha da Bulova com a minha família! Eu, Jess, Milo e Laslo ainda na barriga!”

Glamurama: Ao longo da sua carreira, qual foi a maior mudança do mercado que você sentiu?
Francisco Lachowski: “Com certeza a influência que o Instagram e as redes sociais vêm trazendo para o mercado. Eu sempre fui meio contra, no começo. Mas agora a maioria dos trabalhos envolve social media e os clientes priorizam modelos com uma quantidade grande de seguidores. Acho que é um assunto muito delicado, que tem seus prós e contras, mas querendo ou não já é uma mudança concreta no mercado da moda.”

Glamurama: Algo na moda ainda te surpreende?
Francisco Lachowski: “A moda sempre me surpreende. Este é um meio em que todos estão sempre tentando surpreender os outros de algum jeito.”

Glamurama: Tradições do Brasil que você não abre mão…
Francisco Lachowski: “Comida, com certeza! Sempre faço churrasco com amigos em casa e, sem querer me gabar, faço o melhor empadão de frango, igual ao da minha mãe.”

Glamurama: Três spots que você adora:
Francisco Lachowski: “Eu morei em muitas cidades no mundo e sempre em endereços diferentes, com vários spots favoritos. Agora estou morando em uma casa em Nova Jersey, que fica perto de um mercado japonês muito famoso que amo, e um coffee shop que pra mim é indispensável. Mas o meu lugar favorito é um parque que tem uma estrada de 32km pelo Hudson River – é o lugar perfeito de andar de bicicleta!”

Glamurama: Você leva uma vida bem família, diferente da maioria das pessoas da sua área, na sua idade. Por que você tomou este caminho?
Francisco Lachowski: “Foi um caminho natural, assim como tudo o que aconteceu na minha vida de modelo. Eu e a Jess nos apaixonamos, tivemos nosso primeiro filho, e formamos a nossa família.”

Glamurama: Pra ter sucesso como modelo, quais características você considera fundamentais?
Francisco Lachowski: “Além da beleza, é preciso ter personalidade e carisma. Ser modelo é um negócio que você tem de ser você mesmo. Cliente gosta muito de modelo que tenha personalidade, é preciso se conectar com o cliente de alguma forma.”

Glamurama: Hoje com uma carreira solida, você projeta o futuro? Tem negócios paralelos à carreira como modelo?
Francisco Lachowski: “Tenho vários sonhos e objetivos. Gosto de atuar e estou querendo entrar em uma aula, mas está difícil achar tempo para isso. Meu maior sonho é morar na praia com a minha família, só viajando a trabalho e morando na praia.”