11.05.2019  /  9:00

Os luxos do “imperador” da moda Valentino, que completa 87 anos nesse sábado

Valentino Garavani || Créditos: Reprodução

Valentino Garavani completa 87 anos neste sábado como o último grande “imperador” da moda ainda vivo, mesmo apesar de ter pendurado as tesouras no começo de 2008. Dez anos antes, o estilista italiano vendeu sua marca homônima para o conglomerado de mídia HdP, que na época contava com o poderoso Gianni Agnelli entre seus sócios, em um negócio que lhe rendeu perto de US$ 300 milhões (R$ 1,19 bilhão). Daí pra frente ele reduziu a rotina de trabalho para curtir um pouco mais a vida.

Mas é claro que, no caso de Valentino, esse “dolce far niente” está longe de ser comum, já que o criador de alguns dos vestidos vermelhos mais celebrados da história sempre foi conhecido pelo gosto que tem pelo luxo. Já que é aniversário dele, Glamurama aproveita a ocasião para relembrar algumas dessas coisas boas que só mesmo quem tem a conta bancária com muitos dígitos antes da vírgula pode bancar. Continua lendo… (Por Anderson Antunes)

O iate TM Blue One || Créditos: Reprodução

O iate

Quem segue Valentino no Instagram (@realmrvalentino) já reparou que muitas das fotos que ele posta foram clicadas em alto mar, e mais especificamente a bordo do iate TM Blue One. A embarcação de 46 metros deve as iniciais de seu nome aos pais dele, Teresa e Mauro. Construída pelo estaleiro italiano Picchiotti no fim dos anos 1980, conta com um estafe de onze empregados em tempo integral e tem quadros de Picasso e Andy Warhol. A decoração ficou a cargo do próprio estilista, que nesse caso foi auxiliado pelo arquiteto Peter Marino.

A vila do estilista, que fica perto de Roma || Créditos: Reprodução

As casas

Casas em Paris (o Château de Wideville), Nova York (um apartamento na Quinta Avenida) uma townhouse em Londres e um chalet na Suíça incluem o portfólio de imóveis de Valentino, cujo maior destaque é a vila que ele tem nos arredores da estrada histórica conhecida como Caminho de Appian, em Roma. A propriedade histórica foi comprada pelo estilista décadas atrás, quando estava caindo aos pedaços, e reformada sob a batuta do arquiteto italiano Renzo Mongiardino. Hoje em dia é considerada uma das mais luxuosas da Europa, já recebeu a visita de gente como Nancy Reagan e Michael Jackson e vale estimados US$ 150 milhões (R$ 594,6 milhões).

A “Ferrari dos ares” dele custa US$ 32,5 mi || Créditos: Reprodução

O jatinho

Com endereços ao redor do mundo, só mesmo mantendo um jatinho no hangar para poder curtir todos. No caso de Valentino, a aeronave dele é um Challenger 650 da canadense Bombardier. Com capacidade para acomodar 14 passageiros confortavelmente, a “Ferrari dos ares” do estilista tem uma cama na qual ele dorme lindamente durante os voos que faz e não são da fábrica por menos de US$ 32,5 milhões (R$ 128,8 milhões).

Viajar de carro? Só se for num Jaguar || Créditos: Reprodução

Os carros

Valentino faz parte daquele seleto grupo de pessoas que não dirige, mas é “dirigida”. E mesmo não pegando no volante ele faz questão de só cair na estrada em carrões, em geral Jaguars ou Aston Martins. E nesses outings, o estilista sempre usa três veículos: um que divide com seus pugs e o motorista, e mais dois, que são ocupados pelos seguranças e assistentes pessoais dele.

O estilista em uma de suas casas, com um Basquiat ao fundo || Créditos: Reprodução

As obras de arte

Por vezes chamado de “o homem que transformou a moda em uma forma de arte”, Valentino curte colecionar quadros e afins, e além dos Picassos e Wahrols já citado ele também tem quadros assinados por gigantes da pintura como Mondrian, Basquiat e Salvador Dali. A boa notícia é que boa parte desse tesouro está exposta no Museu Valentino Garavani de Davron, na França, e também no Valentino Garavani Virtual Museum acessível pelo site www.vi-mm.eu.