31.03.2015  /  11:52

Os detalhes da fusão do Net-A-Porter com o italiano Yoox

Natalie Massenet || Crédito: Getty Images
Natalie Massenet || Crédito: Getty Images

A fusão dos portais de vendas Yoox, de origem italiana, com o britânico Net-A-Porter, anunciada nesta terça-feira vai criar um gigante com receitas anuais de mais de US$ 1,3 bilhão (R$ 4,1 bilhões). O negócio também deve estabelecer o grupo suíço Richemont, dono do Net-A-Porter, como um dos líderes do mercado de e-commerce de luxo.

A nova empresa deverá ser batizada de Yoox-Net-A-Porter Group. Assim como o Net-A-Porter, o Yoox também foi fundado em 2000 e é especializado no segmento de vendas outlet. O site é um concorrente direto do The Outnet, que também pertence ao Richemont, e ao qual deverá ser incorporado.

A fusão ainda precisa ser aprovada pelos acionistas do Yoox, que se reunirão para discutir o assunto em junho. Se tudo der certo, até setembro o negócio será oficializado. Recentemente, o Richemont manteve conversas com a Amazon sobre uma possível venda do Net-A-Porter, mas parece que esse projeto foi abortado. Natalie Massenet continua em cena, sendo apontada como presidente executiva do Yoox-Net-A-Porter Group.