15.03.2020  /  9:00

Organizada pela holding de Warren Buffett, a “Woodstock para capitalistas” é cancelada por causa do coronavírus

O evento anual reúne milhares de investidores || Créditos: Reprodução

Conhecida como “Woodstock para capitalistas”, a conferência anual realizada pela Berkshire Hathaway – que administra os investimentos de Warren Buffett – não será realizada em 2020 por temores de que possa servir para espalhar ainda mais o Covid-19. Nessa sexta-feira, foi revelado que o tradicional “gathering”, cuja próxima edição estava programada para 2 de maio, será substituído por uma “live” a ser transmitida na mesma data de Omaha, a cidade do estado americano do Nebraska onde fica a sede da empresa listada na bolsa de Nova York, e estrelada apenas por Buffett e seu sócio Charlie Munger.

Além do mega-evento, que costuma reunir dezenas de milhares de investidores e a maioria dos sócios minoritários da Berkshire, várias atrações que acontecem em seu entorno também foram canceladas. Buffett, que é acionista de empresas como a The Coca-Cola Company e a American Express por meio da holding com valor de mercado próximo de US$ 440 bilhões (R$ 2,1 trilhões), declarou recentemente que os estragos causados pelo novo coronavírus nos mercados é algo “assustador”, mas não ao ponto de fazê-lo cogitar vender qualquer de suas ações. (Por Anderson Antunes)