Jair Bolsonaro durante posse do ministro || Créditos: Orlando Brito

Ops! Bolsonaro volta a fazer propaganda de cloroquina, mas se atrapalha na exibição do medicamento

17.09.2020  /  13:48

Jair Bolsonaro durante posse do ministro || Créditos: Orlando Brito

Durante a cerimônia de posse do general Eduardo Pazuello como ministro da Saúde, ocorrida na tarde desta quarta-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro voltou a fazer propaganda da cloroquina como forma de tratamento para pacientes com Covid-19 – o medicamento não tem eficácia comprovada para tratar a doença e pode, inclusive, piorar o quadro de pessoas contaminadas. Porém, o presidente, que insiste em incentivar o consumo da droga, desta vez se atrapalhou um bocado no momento da promoção.

“O problema com o primeiro ministro foi a questão da nossa conhecida hidroxicloroquina”, lembrou Bolsonaro. “Eu aceito, mesmo não sendo médico, qualquer crítica a ela por parte das pessoas que possam apresentar uma alternativa. Não consegui impor ou propor a sugestão ao então ministro da saúde de tirar o protocolo que [afirmava que] o tratamento com cloroquina deveria ser ministrado apenas quando o paciente estivesse em estado grave”.

O curioso é que a propaganda presidencial foi feita de forma atrapalhada e Jair Bolsonaro acabou exibindo a caixa de remédio de cabeça para baixo, cena que deixaria qualquer publicitário de cabelo em pé. (Giorgia Cavicchioli)