04.07.2017  /  12:54

Olivia de Havilland vai processar FX pela forma como foi retratada em “Feud”

Olivia de Havilland e Catherine Zeta-Jones em cena como a atriz || Créditos: Getty Images/Divulgação

Sucesso de público e de crítica, a série “Feud” agradou quase todo mundo, mas a exceção foi Olivia de Havilland. A lendária estrela de “E o Vento Levou…”, que está com 101 anos, decidiu processar os produtores da atração exibida pelo canal americano FX e estrelada pela dupla Susan Sarandon e Jessica Lange nos papeis da rivais na vida real Bette Davis e Joan Crawford.

Interpretada por Catherine Zeta-Jones na série, Olivia, que hoje vive em Paris, não gostou da maneira como foi retratada, e nos papeis de uma ação contra o FX que os advogados dela deram entrada no último dia 30 na Corte Superior de Los Angeles, a atriz afirma que sempre se manteve longe de fofocas e que a suposta entrevista que Catherine, caracteriza como ela, aparece concedendo em “Feud”, na qual comenta a rixa entre as duas divas hollywoodianas, nunca aconteceu.

Olivia afirma ter sido vítima de três crimes: violação do direito comum de publicidade, invasão de privacidade e enriquecimento sem causa, e pede indenização por danos morais e materiais por todos. Por outro lado, o criador e produtor de “Feud”, Ryan Murphy, afirma que nunca consultou ela para checar fatos porque não queria incomodá-la e desrespeitá-la com questionamentos sobre seu passado. (Por Anderson Antunes)