07.08.2018  /  7:07

Óculos de quase R$ 3 mil usado por Meghan Markle no último sábado já está quase esgotado

Harry e Meghan Markle || Créditos: Getty Images

O óculos de sol que Meghan Markle usou no último sábado quando marcou presença no casamento de Charlie Van Straubenzee e Daisy Jenks – o noivo é amigo de infância do marido dela, o príncipe Harry – já pode ser considerado como um dos itens mais desejados do momento entre as plebeias fashionistas. O acessório by Linda Farrow é feito
com titânio japonês banhado a ouro de 18 a 22 quilates, e apesar de custar US$ 750 (R$ 2.798) já está praticamente esgotado nas lojas do Reino Unido desde que a duquesa de Sussex foi vista em pública com um par, segundo um representante da marca britânica disse em entrevista para a revista americana “People”.

O modelo do óculos Linda Farrow que a ex-atriz usou no casório || Créditos: Reprodução

A ex-atriz, que também fez aniversário no sábado, comprou o óculos há tempos, quando ainda morava no Canadá em razão das cenas da série “Suits” que eram gravadas no país. Ela completou o look escolhido para o casório com um vestido Club Monaco e, claro, roubou a cena. Nas próximas semanas, Meghan e Harry deverão dar uma “sumida”, já que estão de mudança para a Adelaide Cottage, uma casa nos arredores do Castelo de Windsor que ganharam de presente da rainha Elizabeth II e que pretendem usar como uma segunda base depois do Palácio de Kensington, em Londres, que é a residência oficial deles.

A Adelaide Cottage, o novo endereço do casal real || Créditos: Reprodução

É lá que os dois pretendem viver como um casal de fato, sem muitos luxos e, principalmente, empregados mil ao seu redor. Tanto que o château construído em 1831 para a rainha Adelaide, mulher do rei William IV, acabou de ganhar uma reforma de US$ 1,5 milhão (R$ 5,6 milhões) que incluiu a implantação de um moderno esquema de câmeras de segurança a fim de manter os paparazzi bem distantes e, curiosamente, dois berçários! Será que isso é um indicativo de que eles já estão pensando em aumentar a família? (Por Anderson Antunes)