26.06.2014  /  15:14

Oca expõe “Cores do Brasil” com direção da Basso & Brooke

O projeto da instalação da “Cores do Brasil”

De boa, anote aí: uma exposição com o foco em moda, estamparia digital e responsabilidade social abre as portas na semana que vem na Oca, no Parque Ibirapuera, em São Paulo. “Cores do Brasil” tem direção dos estilistas Bruno Basso, que é brasileiro, e Christopher Brooke, inglês, que comandam a Basso & Brooke. Idealizada por Didi Rezende, do Estúdio Oitavo Andar, e Kalina Bourgeois, da Urban Jungle Art, a mostra acontece entre 3 de julho e 2 de agosto.

“Há dois anos tivemos a ideia de um projeto sobre estamparia e o Bruno Basso havia entrado em contato com a Didi para falar sobre a criação de um projeto que envolvesse responsabilidade social. O resultado foi este projeto híbrido, que combina fotografia, moda, design e tecnologia”, contou Kalina ao Glamurama.

Especialmente para a exposição foram formadas oficinas fotográficas e de impressão realizadas em instituições culturais e em comunidades de Belém, Fortaleza, Rio e São Paulo. Sessenta e quatro jovens destes lugares receberam orientação de Tuca Vieira para clicarem imagens – foram mais de 12 mil fotos – que resultam nas estampas que compõem as roupas que estarão na mostra. Além destas peças, modelos masculinos e acessórios da Basso & Brooke, marca expert em prints digitais, fazem parte da exibição.

A mostra também conta com uma instalação no último andar da Oca formada por um livro pop up de 5 metros de altura e 10 metros de comprimento formando 7 capítulos que trazem algumas das fotografias feitas pelos jovens participantes do projeto.

“Cores do Brasil” é apresentada pelo Itaú e conta com patrocínio da Havaianas. A cenografia é do atelier Marko Brajovic, curadoria de André Stolarski – que morreu em agosto do ano passado – e curadoria fotográfica de Tuca Vieira.