26.03.2017  /  8:33

Obras de arte e coleções do MASP são lançadas no Google Arts & Culture

“O lavrador de café” (1934), de Candido Portinari e “Rosa e azul - As meninas Cahen d’ Anvers” (1881), de Pierre-Auguste Renoir || Créditos: Reprodução / Divulgação
“O lavrador de café” (1934), de Candido Portinari e “Rosa e azul – As meninas Cahen d’ Anvers” (1881), de Pierre-Auguste Renoir || Créditos: Reprodução / Divulgação

A partir desta semana, o MASP – Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand – conta com uma novidade incrível: mais de mil peças icônicas do museu entram na experiência interativa do Google Arts & Culture. Por isso será fácil, fácil rever o famoso quadro “Rosa e azul – As meninas Cahen d’ Anvers” (1881), de Pierre-Auguste Renoir, da sala de casa, ver detalhes do “O lavrador de café” (1934) de Candido Portinari direto do celular ou checar peças da coleção de arte pré-colombiana que ainda nem foram expostas no museu.

Essa novidade tecnológica e acessível permite que as pessoas naveguem pelos mais de mil itens por uma linha do tempo, por cores ou por popularidade. Seis exposições também foram destacadas e há ainda a possibilidade de navegar por 12 obras selecionadas pelos curadores do MASP em realidade virtual — basta baixar o aplicativo no celular e usar o Cardboard.

O MASP é um dos museus mais importantes e visitados no Brasil — e sua coleção de arte europeia é a mais significativa do hemisfério Sul. A nova coleção on-line está disponível no site do Google Arts & Culture e também para dispositivos móveis: tablets, Android e iOS.