23.12.2009  /  10:30

Michael Jackson continua dando o que falar. O FBI divulgou, nessa terça-feira, um dossiê até então secreto. Ele traz inúmeras acusações de assédio sexual de crianças feitas contra o cantor.

Michael Jackson continua dando o que falar. O FBI divulgou, nessa terça-feira, um dossiê até então secreto. Ele traz inúmeras acusações de assédio sexual de crianças feitas contra o cantor. O documento tem mais de 300 páginas e reúne informações recolhidas durante um longo período de investigação. Há acusações de 1979, 1985, 1993, 2005 etc.

* Entre os relatos do tal dossiê, um em especial chamou a atenção da mídia norte-americana. Uma assistente social canadense declarou que, ao viajar pela Califórnia em março de 1992, coincidentemente no mesmo trem em que estavam Michael e o staff dele, ela e o marido notaram uma obsessão do cantor em relação a um adolescente de 12 anos, que foi apresentado a todos como sobrinho do popstar. "O comportamento dele com o garoto era extremamente possessivo. Achamos tudo ainda mais suspeito quando ouvimos barulhos estranhos vindos do quarto de Michael, que era bem próximo do nosso", revelou a canadense.

* O relatório conta ainda que o FBI tem um vídeo que seria de Michael e foi registrado como prova de pornografia infantil. Intitulada "Michael Jackson’s Neverland Favorites An All Boy Anthology", a fita, no entanto, foi descrita como "de baixa qualidade, com imagens regravadas que seriam possivelmente a cópia de outras cópias". Neste caso, o conteúdo nem chegou a ser detalhado. Para quem quiser conferir os arquivos, o jornal "New York Post" publicou todo o dossiê, dividido por partes.
* Bom, polêmica sempre foi e será uma das marcas de Michael Jackson.

Michael Jackson: dossiê revelado