02.01.2017  /  11:46

Novo restaurante do McDonald’s em Roma é alvo de críticas de cardeal

O cardeal Elio Sgreccia e o novo McDonald's perto do Vaticano || Créditos: Getty Images
O cardeal Elio Sgreccia e o novo McDonald’s perto do Vaticano || Créditos: Getty Images

E o ano novo dos italianos começou com uma inusitada polêmica. É que o McDonald’s inaugurou na última sexta-feira, sem muito alarde, um restaurante no bairro de Pio Borgo, em Roma, e apenas alguns metros distante da entrada do Vaticano. Anunciado em outubro, o novo ponto da rede de fast food americana gera desde então uma discussão pelo fato de que o prédio que o estabelecimento ocupa pertence à Santa Sé e também serve de residência para vários cardeais.

Um destes cardeais é o italiano Elio Sgreccia, presidente emérito da Pontífica Academia para a Vida, um dos braços do Vaticano que promovem estudos sobre questões relacionadas à saúde. Em entrevista para o jornal “La Repubblica” nesta segunda-feira, Sgreccia causou barulho ao classificar a abertura do restaurante que ele chamou de “pouco saudável” como uma “desgraça, uma aberração e uma perversão”, e disse que jamais comeria um Big Mac.

Apesar dos pesares, ele sugeriu que o aluguel pago pelo McDonald’s pelo espaço – cerca de US$ 30 mil (R$ 98,3 mil) mensais – seja investido pelo Vaticano em ações de caridade e em programas de reeducação alimentar. (Por Anderson Antunes)