08.04.2013  /  15:56

Novo formato de TV pode revolucionar a mídia nos Estados Unidos

O bilionário Barry Diller, um dos donos do Aereo

Já imaginou se Globo e Record estivessem considerando abrir mão de suas concessões públicas para se tornarem canais de TV paga? Certamente nenhuma das duas emissoras cogita essa hipótese, mas nos Estados Unidos é isso que está acontecendo. É que duas das quatro maiores redes de TV aberta do país (ABC, CBS, NBC e Fox) estariam mantendo conversas sobre a possibilidade de cancelar seus sinais públicos, e de operar na rede de TV por assinatura.

O motivo por trás da decisão seria o aumento da popularidade do serviço digital Aereo, que permite aos seus assinantes não somente assistir aos programas ao vivo da TV norte-americana, como gravar as transmissões para assistir mais tarde, algo que afeta a maneira tradicional como os canais faturam com publicidade. O negócio é tão ameaçador que todas as quatro emissoras já processaram o Aereo em conjunto e até separadamente, mas sem sucesso.

Aliás, um dos donos do Aereo é o bilionário Barry Diller, que é casado com Diane von Fürstenberg. Diller é um veterano do setor de mídia, tendo criado o canal USA e trabalhado com Rupert Murdoch na criação da Fox. Sobre o Aereo, ele já disse que pretende transformar o serviço em um negócio global “em um futuro bem próximo.” Te cuida, plim-plim!