Novo filme de Matt Damon estreia nos EUA bem abaixo das expectativas

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
“A Grande Muralha” já entrou para a história como o filme mais caro já produzido até hoje na China || Crédito: Getty Images
“A Grande Muralha” já entrou para a história como o filme mais caro já produzido até hoje na China || Crédito: Getty Images

Produzido com um orçamento de US$ 160 milhões (R$ 495,7 milhões), sem contar os gastos com divulgação, o novo filme de Matt Damon – “A Grande Muralha” – ficou apenas em terceiro lugar na lista dos mais assistidos nos cinemas dos Estados Unidos durante o fim de semana. Entre sexta-feira e domingo, a superprodução arrecadou pouco mais de US$ 18 milhões (R$ 55,8 milhões) nas bilheterias do país, bem abaixo do resultado esperado pela Universal, responsável pela distribuição do longa por lá.

A notícia é particularmente ruim para os chineses, já que “A Grande Muralha” foi 100% rodado na China. Esta também foi a primeira grande colaboração entre Hollywood e a indústria de entretenimento do país asiático, que foca cada vez mais em sua expansão mundial.

Ambientado há mais de mil anos, “A Grande Muralha” conta a história de um guerreiro – interpretado por Matt – que combate monstros que habitam a Grande Muralha da China. Entre os críticos, o filme também não causou boa impressão, e conta com uma aprovação de apenas 36% no site “RottenTomatoes”, que elenca avaliações de
vários outros sites e revistas especializadas em cinema. (Por Anderson Antunes)