08.04.2019  /  10:36

Novela britânica que está no ar há quase seis décadas finalmente terá uma família negra na trama

A “Rua da Coroação”, em Manchester || Créditos: Divulgação

No ar há quase 59 anos, a novela britânica “Coronation Street” finalmente terá uma família negra em sua trama principal, os Baileys, formada por um casal e seus dois filhos, dos quais um será um jogador de futebol gay. A ideia é utilizar os dramas vividos por esses personagens para abordar temas como o racismo e a homofobia, que em tempos de Brexit andam mais em alta do que nunca, em um cada vez mais dividido Reino Unido.

A atração estreou em dezembro de 1960 por lá, e trata da rotina dos moradores da fictícia “Rua da Coroação”, que fica em Manchester e foi construída em 1902 em homenagem ao então rei Eduardo VII. Produzida pela rede comercial “ITV”, mantém um público fiel desde então e, dizem, é um dos programas favoritos da rainha Elizabeth II, que não perde nenhum de seus capítulos por nada nesse mundo. (Por Anderson Antunes)