05.12.2015  /  16:38

Marca de Tamara Mellon, cofundadora da Jimmy Choo, vai à falência

60673908
Tamara Mellon || Créditos: Getty Images

Cofundadora da marca de sapatos Jimmy Choo, Tamara Mellon pediu falência de sua empresa nesta semana na justiça dos Estados Unidos. Radicada no país desde 2011, após vender sua fatia na Jimmy Choo para vários fundos de private equity liderados pela firma suíça Labelux por £85 milhões (R$ 482,1 milhões), Mellon iniciou em 2013 sua marca própria de lifestyle. O negócio, no entanto, não vingou. Com dívidas acumuladas, ela recorreu à justiça americana na última quinta-feira para pedir proteção judicial para as finanças da empresa e, a partir daí, tentar renegociar com seus credores.

A Jimmy Choo, por sinal, também não vive um bom momento. Com suas ações negociadas na bolsa de valores de Londres há pouco mais de um ano, o valor de mercado da grife caiu cerca de 30% no período, para os atuais £488,3 milhões (R$ 2,77 bilhões), ou 7% a menos do que o montante pago pela Labelux e seus sócios há quatro anos. (por Anderson Antunes)