Cinema Galleggiante – Acque Sconosciute || Créditos: Divulgação

Vídeo afetivo de artista brasileira é exibido no cinema flutuante de Veneza

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Cinema Galleggiante – Acque Sconosciute || Créditos: Divulgação

Veneza pulsa cultura, até sobre suas águas. A cidade abriga até 4 de setembro a segunda edição do Cinema Galleggiante – Acque Sconosciute [Cinema Flutuante – Águas Desconhecidas]. Filmes de arte, de longa e curta-metragem, e performances são apresentados em um telão sobre uma plataforma flutuante, localizada no meio da lagoa. Quando a noite cai, os espectadores assistem à programação de seus próprios barcos ou de uma barcaça destinada a acolher o público sem embarcação.

Entre a afiada seleção está o vídeo “…Uma História que Eu Nunca Esqueci…” (2013/2015), da artista carioca de ascendência armênia Rosana Palazyan, que tem como fio condutor um lenço bordado por sua avó materna, sobrevivente do genocídio armênio (1915 a 1920), quando refugiada em Thessaloniki, na Grécia.

Com duração de 13 minutos, o vídeo fazia parte da instalação com mesmo título e pela primeira vez é apresentado no formato de filme de arte. Para assistir, clique aqui.

Você também pode gostar