Taís Araújo || Créditos: Agnews

Taís Araújo: filhos, resgate de antiga parceria com Lázaro e cabelo novo

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

 

Taís Araújo || Créditos: Agnews
Taís Araújo || Créditos: Agnews

Taís Araújo deu à luz Maria Antonia há apenas quatro meses, e já está a mil por hora. “Não estou sentindo ainda diferença em ser mãe de menina. Às vezes acho ela mais adiantada que o João Vicente [seu mais velho], mas também ela tem o irmão, o que acaba estimulando. Ela é uma graça, mama bem, dorme bem. Eu achava que Deus já tinha sido muito bom comigo me dando um filho calminho e que essa sorte não aconteceria de novo, mas ela é bem calminha também. E o João Vicente tem só um ciuminho normal dela. Ele é muito amoroso com a irmã. Outro dia ele olhou pra ela e disse: ‘Você é a menina mais linda do mundo.’ O Lazaro? É ótimo pai, mas tem um cuidado especial com ela, um pouco cauteloso.”

A atriz já está de volta ao trabalho. “Vamos mesmo fazer o seriado na Globo, eu e o Lázaro. Começamos a gravar em julho. Só posso dizer que é comédia, e que faremos um casal. Foi um convite do diretor Mauricio Farias [de ‘Tapas e Beijos’]. Deve estrear em setembro. Vai ser um resgate da gente fazendo humor junto quase dez anos depois de Foguinho e Ellen, da novela ‘Cobras e Lagartos’. Mas tanta coisa aconteceu de lá pra cá. Estamos mais velhos, com dois filhos. Antes era outro processo de trabalho. Agora com certeza será uma dinâmica diferente. Depois, em outubro, vou fazer uma peça também com o Lázaro, mas também não posso falar muito por enquanto.”

* Então conta do filme que você já está rodando em São Paulo, Taís… “É sobre o roubo da taça Jules Rimet. Uma história que parece mentira… Eles achavam que estavam roubando a réplica, e era a verdadeira. O vidro era blindado, mas as emendas de ripinha de madeira. Venderam para a Argentina, e lá derreteram a taça. No longa, eu sou uma gata do Santo Cristo [zona portuária carioca].” E esse cabelo, moça? “É da personagem, aplique, mesma técnica que usei na novela ‘A Favorita’. Meu cabelo está trançado por baixo e essa cabeleira indiana incrível está costurada por cima.” (por Michelle Licory)

Você também pode gostar