A marca é uma das favoritas das celebs
A marca é uma das favoritas das celebs || Créditos: Reprodução

Supreme é vendida para gigante americana da moda por mais de R$ 11 bilhões. Aos fatos!

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
A marca é uma das favoritas das celebs
A marca é uma das favoritas das celebs || Créditos: Reprodução

Uma das marcas mais hypadas do mundo no momento, a Supreme acaba de mudar de dono. Conforme anunciado nessa segunda-feira, a VF Corp. (que já é dona da JanSport, da Timberland, da Vans e da The North Face), vai pagar US$ 2,1 bilhões (R$ 11,2 bilhões) pelos 50% do The Carlyle Group, mais a mesma fatia restante que estava nas mãos de seu fundador, James Jebbia, e de sócios dele, em um negócio que lhe dá um valor de mercado mais de duas vezes superior ao estimado por analistas.

Jebbia e sua turma permanecerão na empresa, que projeta faturar pelo menos US$ 500 milhões (R$ 2,68 bilhões) em 2021. Com uma clientela que inclui basicamente jovens ricos e sua própria plataforma de vendas diretas ao consumidor, algo que passou a ter ainda mais valor nesses tempos de quarentena, a Supreme – que nasceu em 1994, em Nova York, e desde então se tornou uma das favoritas de várias celebridades – estava há um certo tempo na mira de grandes conglomerados, mas a VF acabou levando a melhor.

Com ações negociadas na bolsa de valores de NY, a gigante de moda tem sede em Denver, no estado americano do Colorado, e fechou 2019 com receitas de US$ 13,8 bilhões (R$ 73,9 bilhões). Outras grandes marcas também já fizeram parte de seu portfólio, mais notadamente a 7 for All Mankind, vendida em 2016 para os israelenses do grupo Delta Galil Industries. (Por Anderson Antunes)

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…