Cauã Reymond em “Alemão”

Só aqui! Elenco e diretor de “Alemão” opinam sobre a descriminalização das drogas

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

 

Cauã Reymond em “Alemão”

Por Manuela Almeida

Durante a pré-estreia de “Alemão”, no Shopping Cidade Jardim, em São Paulo, nessa terça-feira, os protagonistas do filme, Cauã Reymond e Caio Blat, assim como o diretor do mesmo, José Eduardo Belmonte, falaram ao Glamurama sobre tráfico de drogas, tema central do longa. Apesar do assunto ainda ser tabu, eles deram sua opinião sobre a descriminalização das drogas no Brasil, que seria o reconhecimento de que o dependente químico é doente e não criminoso. Caio se mostrou a favor da medida, enquanto Cauã e José acreditam que, antes de tudo, é essencial cuidar da educação da população, para informar melhor sobre o assunto e prevenir o uso de entorpecentes. Os vereditos de cada um abaixo.

 

Cauã Reymond, que interpreta o traficante Playboy em “Alemão”

“Em relação à descriminalização das drogas, temos que primeiro organizar a educação (…) É a mesma questão com a segurança pública: não basta trazer a UPP ( Unidade de Polícia Pacificadora) [às comunidades carentes] se não houver inserção social.”

 

 

 

 

 

 

Caio Blat, que interpreta o policial Samuel em “Alemão”

“A guerra contra as drogas é perdida. É muito melhor diminuir os danos causados pelo tráfico.”

 

 

 

 

 

José Eduardo Belmonte, diretor de “Alemão”

“Antes de pensar na descriminalização, é necessário cuidar da educação. Precisa existir um pensamento anterior para discutir um assunto tabu como esse. É sempre preto e branco”

Você também pode gostar