A senadora Gleisi Hoffmann deve assumir a CAE; Raimundo Lira é presidente interino
A senadora Gleisi Hoffmann deve assumir a CAE; Raimundo Lira é presidente interino ||Reprodução Facebook

Senadora Gleisi Hoffmann deve substituir Delcídio Amaral em comissão

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
A senadora Gleisi Hoffmann deve assumir a CAE; Raimundo Lira é presidente interino ||Reprodução Facebook
A senadora Gleisi Hoffmann deve assumir a CAE; Raimundo Lira é presidente interino ||Reprodução Facebook

A vida não está fácil para o governo Federal. A prisão do senador Delcídio Amaral (PT-MS) provoca efeito dominó no Congresso. Além de ter que escolher outro líder do governo no Senado – cargo que Delcídio ocupava -, o governo e o PT precisam ser rápidos para definir quem será o novo presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). Para desespero do governo, Delcídio também comandava a CAE. Essa comissão é considerada uma das mais importantes do Congresso, já que todos os temas fiscais precisam passar por ela antes de chegarem ao plenário.

Os nomes cotados para o lugar de Delcídio são os senadores Gleise Hoffmann (PT-PR) e Lindberg Farias (PT-RJ), que já disse a colegas não ter nenhuma vontade de assumir a função. Gleisi é vista no PT como a solução mais plausível. Essa substituição, porém, não é automática: uma nova votação terá que ser feita para a presidência da CAE. A expectativa do governo é que a oposição não crie obstáculos para que o partido continue no comando da comissão.

Num momento de penúria econômica, em que o governo patina para aprovar o ajuste fiscal, o controle político na CAE é crucial. Por ora, o vice-presidente da CAE, o senador Raimundo Lira (PMDB-PB) assume o comando da comissão. Na terça-feira, a bancada do PT vai definir o nome do sucessor. No mesmo dia haverá reunião da CAE. A pauta de votação, já publicada pelo Senado, contém 14 itens, boa parte deles polêmicos. (Por Malu Delgado)

 

Você também pode gostar