Sasha Meneghel fala sobre veganismo, moda e superproteção da mãe: ‘Vão me zoar pro resto da vida: Sassá Little Princess!’

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Sasha Meneghel / Crédito: Instagram

Sasha Meneghel é discreta com a vida pessoal, mas contou algumas curiosidades em papo com a Way Model, agência à qual pertence, respondendo perguntas pouco exploradas pela mídia. Ao ser questionada sobre o tema que gostaria de falar em entrevistas, Sasha foi direta: “Sou muito reservada, principalmente em relação à minha vida pessoal. Gostaria que as pessoas me perguntassem mais sobre o veganismo, porque isso me faz aprender mais, querer aprender mais, querer me informar mais. Até porque não sou vegana 100%”, começou ela.

E seguiu falando: “Sigo uma alimentação vegana. Inclusive, recentemente aprendi que se fala “vegetariano restrito” porque vegano é um ‘mindset’ por inteiro. Também adoro falar sobre feminismo, causas sociais em geral, moda… Acho que isso tem muito a ver com sustentabilidade”.

Em outro momento do papo, Sasha lembrou, com bom humor, da super proteção da mãe, Xuxa, em especial durante a infância e adolescência: “No meu primeiro e-mail minha mãe me fez colocar um nome falso, porque tinha medo de as pessoas descobrirem. Ela sempre me protegeu muito. Vão me zoar pro resto da vida: Sassá Little Princess!”.

Ex-jogadorade vôlei do Flamengo, Sasha também falou sobre a decisão de partir para o mundo da moda em vez de seguir carreira no esporte. “Vôlei foi uma das melhores coisas que já fiz na minha vida! Conheci pessoas incríveis, que olhavam para a vida. É um esporte que amo até hoje. Mas tive que escolher em algum momento da minha vida. Tinha 17 anos… ou ia fazer um estágio para ter algo a mais no currículo para a faculdade ou continuava jogando. No Flamengo, jogava umas quatro horas por dia e ainda emendava no vôlei de praia. Então não tinha tempo pra nada: era a escola, que tinha que focar nas notas, ou o esporte. Para mim era muito difícil conciliar os dois e aí fui para a moda”, contou.

Para concluir, Sasha foi questionada sobre suas inspirações no universo fashion e como é a vida sob os holofotes: “Minha inspiração é Stella McCartney. Acho incrível como ela decidiu não usar couro de animais e procurou uma alternativa para prejudicar o meio ambiente o menos possível, mostrando que é possível fazer isso com classe”.

“Não imaginava que algum dia fosse trabalhar como modelo. Apesar de ter feito trabalhos mais nova, não sonhava com essa possibilidade. Foi através da minha vontade de me tornar designer que aconteceu. Antes mesmo de terminar a faculdade, queria mesclar os dois, modelar e desenhar roupas, e achei isso incrível. Aí comecei a ter esse gostinho de fotografar. Foi um conjunto de coisas que foram dando certo. Não tinha planejado nada, mas hoje eu gosto muito”, concluiu.

Confira o vídeo completo:

Você também pode gostar