Milhem Cortaz, com toda sua cara de mau, colava plumas na Vai-Vai

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

 

Milhem como um policial corrupto em “Tropa de Elite”

Essa é uma lição para quem julga o livro pela capa. Glamurama ficou surpreso e adorou saber o que fazia antes da fama Milhem Cortaz, ator super respeitado no cinema nacional, mas que costuma interpretar só tipos machões, com cara de mau. “Fiquei 14 anos na Vai-Vai. Minha adolescência e juventude passei lá, dentro da quadra. Comecei fazendo adereços para os desfiles. Colei muita pluma, fiz muito esplendor. Colar brocado na fantasia, então, era quase um castigo”, brinca.

* Milhem aproveitou essa vivência para um personagem: está no elenco de “Trinta”, cinebiografia de Joãozinho 30, vivido por Matheus Nachtergaele. “Faço o Tião, o chefe do barracão da escola de samba, um cara da comunidade que espera a oportunidade de subir. Chega a hora dele, mas quando pensa que vai virar carnavalesco, aparece o Joãozinho e toma o seu lugar. Ele se sente traído pela comunidade.”

Você também pode gostar