Ronaldo Fraga: “No Brasil, existe um descuido com pequenas marcas”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

 

Ronaldo Fraga e o seu desfile de inverno 2015

Quem é fã de Ronaldo Fraga sabe que ele fala o que pensa, sem rodeios. Logo após seu desfile de inverno 2015, nesta quarta-feira, no Parque Cândido Portinari, ele bateu um papo rápido com Glamurama sobre a moda brasileira. Confira e reflita!

Em tempo: a coleção do estilista foi uma crítica às “cidades sonâmbulas” do Brasil – “metrópoles que perderem suas identidades”. Seguindo esta linha, o make de quatro olhos na passarela representa as pessoas que olham para todos os lados sem, na verdade, olhar para lugar algum.

Glamurama: Qual é a importância de participar da semana de moda brasileira?
Ronaldo Fraga: é a vitrine do Brasil, é o Brasil na vitrine.

Glamurama: Como você enxerga a moda brasileira?
Ronaldo Fraga: Temos um problema no Brasil que é o descuido com as micro empresas.  Na verdade, é uma questão cultural da indústria brasileira. Existe uma atenção maior às marcas de grande porte. Mas eu insisto que investimos em roupas autorais, de origem brasileira, em vez daquelas fabricadas fora do país e por trabalho escravo.

Glamurama: Você acha que a moda brasileira evoluiu desde que você entrou no mercado fashion?
Ronaldo Fraga: Existem perdas e ganhos em todos os tempos. O ganho é que as marcas estão mais autorais e com mais qualidade. Já a perda é o aumento de espaço comercial. Isto é: agora temos que competir com o mercado mundial de moda, sendo que ele usufrui da publicidade internacional e consegue produzir roupas com muito mais facilidade e a preços baratos, ao passo que no Brasil sofremos com a carga tributária elevada.

(Por Manuela Almeida)

* Sky é uma das patrocinadoras oficiais da semana de moda paulistana – edição de inverno 2015.

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…