Sucesso em 2007, “Gossip Girl” volta com trama envolvente, atualizada e diversa

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
O elenco do Rebbot e da série clássica || Crédito: Reprodução

Quem se lembra do sucesso de “Gossip Girl”, em 2007, produção que fez Blake Lively aparecer para o mundo, gerou muitos burburinhos e se tornou referência fashion? A série acaba de ganhar um reboot pelo streaming HBOMax, e como um dos lançamentos mais falados do ano. Nessa nova versão, que terá 10 episódios, dois deles já disponíveis, a história volta oito anos depois das aventuras de Serena (Blake Lively), Blair (Leighton Meester) e companhia no Upper East Side, e mostra uma nova geração de jovens estudantes de um colégio particular de Nova York que passa a ser observada pelo (agora) Instagram de fofocas Gossip Girl.

Já no primeiro episódio, o público percebeu a nova trama da série, que segue com referências à original, mas traz boas novidades. (Por Helton Filipe)

Elenco

O novo elenco é muito mais diverso se comparado com a história exibida no início dos anos 2000, em que só tinha atores brancos. Nesta versão, há personagens queers entre os protagonistas. Além disso, a série tem uma atriz trans entre as principais, mas se a sexualidade dela vai ser explorada como um segredo de Uper East Side, os telespectadores terão que esperar para ver.

Segredo?

Talvez a maior diferença entre as duas versão esteja na revelação do principal segredo da série, a identidade da garota do blog, a Gossip Girl. Na edição de 2007, essa informação só foi revelada no último episódio, depois de seis temporadas. Na atual, o público soube logo que os professores seriam os responsáveis por trazer Kristen Bell (que faz a voz da Gossip Girl) de volta para Nova York, o que gerou um burburinho entre o público e a crítica que estranharam essa grande mudança. Calma gente, ainda tem muita coisa pra rolar…

Novos tempos

Que as pautas discutidas hoje em dia serão retratadas na nova série, isso é certo. E a tecnologia e forma de atuar também mudaram. Na história é possível ver as influências das mídias sociais, como a Gossip Girl atual usar o Instagram e não um blog como era antes. Explorar a modernidade é um acerto e tanto.

Protagonismo

Os professores da série agora têm presença maior e um núcleo próprio, algo que não era presente na original, em que não passavam de coadjuvantes. Agora vimos que as coisas serão diferentes, principalmente com a professora Kate Keller (Tavi Gevinson), que lidera o grupo. Em 2007, os adultos eram pouco explorados e contava apenas com Lily van der Woodsen (Kelly Rutherford)
e Rufus Humphrey (Taylor Momsen ), os pais de Serena (Blake Lively) e Dan (Pernn Blagley), no elenco principal.

Referências

As referências à antiga Nova York eram muito exploradas na primeira versão e as produções de cinema e teatro sempre estiveram presentes na série. Além das participações de estrelas que estavam em evidência na época. Agora, os citados são os personagens antigos que aparecem em vários diálogos. Será que eles voltam em algum momento?

Você também pode gostar