A tela "The Adoration of the Magi", do artista holandês
A tela “The Adoration of the Magi”, do artista holandês || Créditos: Reprodução

Quadro de Rembrandt encontrado em 2016, por acaso, é avaliado em R$ 1,26 bilhão

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
A tela "The Adoration of the Magi", do artista holandês
A tela “The Adoration of the Magi”, do artista holandês || Créditos: Reprodução

Um quadro famoso de Rembrandt que durante décadas foi dado como perdido até ser encontrado por acidente, em 2016, recentemente foi classificado como “original” por especialistas. Trata-se da tela “The Adoration of the Magi”, produzida pelo artista holandês entre 1632 e 1633.

Descoberta por acaso há cinco anos, depois de cair da parede de uma casa no centro de Roma, a obra acabou sendo enviada por seu dono para a restauradora italiana Antonella Di Francesco, que nela viu algo a mais.

É que existem aos montes cópias de outros quadros perdidos de Rembrandt espalhadas pelo mundo, mas para a profissional aquele que surgiu do nada na capital da Itália era perfeito demais para ser apenas mais uma.

A partir daí, ela procurou avaliadores profissionais e, depois de muita análise, eles concluíram que “The Adoration of the Magi” era, de fato, um verdadeiramente assinado pelo também autor de “Mulher Banhando-se no Riacho”.

Agora devidamente certificado, o quadro de 54 cm por 44,5 cm antes disso visto pela última vez nos anos 1920 teve seu valor estimado em US$ 240 milhões (R$ 1,26 bilhão), mas seu misterioso dono, possivelmente um multimilionário, não tem o menor interesse em vendê-lo, já que pretende manter a relíquia em 0família. (Por Anderson Antunes)

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…