Próximo intérprete de James Bond não será mulher: “Ele pode ser de qualquer cor, mas é do sexo masculino”, avisa produtora

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

A produtora de James Bond, Barbara Broccoli, jogou um balde de água fria na notícia que apontava uma mulher como a próxima interprete do espião mais famoso do cinema.

Ele pode, no entanto, ser interpretado por um ator de outra etnia, disse ela, enquanto as especulações sobre quem será o próximo a ocupar o lugar do personagem criado por Ian Fleming continuam a crescer. “No Time to Die” será a aparição final de Daniel Craig nos filmes da franquia e a estreia nos cinemas do mundo todo está marcada para abril.

Broccoli disse à Variety que mudar o gênero do icônico personagem estaria fazendo um desserviço às mulheres. “Ele pode ser de qualquer cor, mas é do sexo masculino”, disse ela. “Acredito que devemos criar novos personagens para as mulheres – personagens femininas fortes. Somos muito mais interessantes do que isso”.

E quem assumirá o posto deixado por Daniel Craig?  Um ator cogitado para o papel é Idris Elba, que anteriormente insistia que, se um 007 negro fosse lançado, deveria ser baseado apenas no mérito. “James Bond é um personagem muito cobiçado, icônico e amado, que leva o público a essa jornada de escapismo”, disse Elba à revista Vanity Fair no ano passado. Na mesma ocasião afirmou que aceitaria o convite se convocassem.

“No Time to Die” será o quinto filme de Craig como 007, que divide o elenco com o vencedor do Oscar Rami Malek, no papel do vilão,
Ralph Fiennes, Rory Kinnear, Ben Whishaw, Naomie Harris, Lea Seydoux e Jeffrey Wright. Play para conferir o trailer:

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…