Príncipe saudita fica US$ 10 milhões menos rico essa semana. Entenda

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
A executiva jordaniana Daad Sharab ganha processo contra o príncipe saudita Alwaleed bin Talal al Saud

O príncipe saudita Alwaleed bin Talal al Saud ficou US$ 10 milhões menos rico nessa semana. É que a executiva jordaniana Daad Sharab ganhou um processo que havia movido contra ele por conta de uma comissão que teria de receber quando o ajudou a vender um Airbus 340 para o falecido ditador Muammar Gaddafi.

Sharab decidiu cobrar os US$ 10 milhões na justiça de Londres, depois que o príncipe disse que iria pagar para ela apenas “algo por seu trabalho,” e não a comissão a qual ela teria direito.

A juíza que cuidou do caso, ao decidir em favor da executiva, não poupou críticas a Talal al Saud. “Esse homem é patético,” finalizou a juíza.

Você também pode gostar