príncipe Robert
Foto: Rebecca Sapp/Getty Images for SBIFF

Príncipe europeu vai vender vinhos raros em prol de pesquisa de doença que filho sofre

16 Compartilhamentos
16
0
0
0
0

Foi marcado para 21 de maio, na Sotheby’s de Nova York, o leilão de vinhos raros que promete entrar para a história como um dos maiores em todos os tempos. Na ocasião, mais de 4,2 mil garrafas da adega particular do príncipe Robert de Luxemburgo, inclusive vários Romanée-Contis (considerado o vinho mais exclusivo do mundo), com datas de engarrafamento que variam entre o fim dos anos 1900 e os 1940, serão oferecidas com lances iniciais que somam milhões de dólares.

Todo o dinheiro arrecadado com a venda no martelo deverá ir para a conta da The POlG Foundation, cofundada pelo royal e sua mulher, a princesa Julie de Luxembourg, e o filho mais novo deles, o príncipe Frederik de Nassau, de 19 anos, que sofre desde 2016 de uma doença mitocondrial resultante de uma mutação do gene POLG, que “rouba” as células de energia do corpo, causando disfunção e falência de órgãos. A entidade investe nas pesquisas pela cura desse mal e também de outros relacionados, como o de Parkinson.

Você também pode gostar