Polochon || Créditos: Reprodução

Polochon, obra icônica de Lina Bo Bardi, ganha edição especial de aniversário com propósito

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Polochon || Créditos: Reprodução

Há 35 anos, Lina Bo Bardi criou o icônico personagem Polochon, porquinho rosa de duas cabeças feito em papel machê, que deslizava entre as cenas da peça “Ubu Rei”, de Alfred Jarry. Para comemorar o aniversário de uma das obras mais conhecidas da artista e figura das mais importantes da arquitetura latino-americana, o Polochon está de volta em ação da Carbono Galeria, em parceria com o Instituto Bardi / Casa de Vidro. Será uma edição exclusiva da obra com tiragem de apenas 35 unidades, produzido em resina na escala 1:4 a partir de escaneamento 3D do original de Lina. A caixa de madeira que acompanha e acomoda a edição foi inspirada nos desenhos do mobiliário de Lina. Cada exemplar será vendido por R$15 mil e a renda será revertida para a manutenção do Instituto Bardi, além de contribuir para divulgar o trabalho da arquiteta no campo da cenografia.

O Polochon (ou Porco-chon) é uma figura simpática de duas bundas. Apresentado e descrito por Alfred Jarry em texto de 1885, o personagem foi colocado em cena pela primeira vez por Lina Bo Bardi, exatos 100 anos depois. Integrava a cenografia da montagem brasileira de Ubu Rei (Ubu Roi), que a arquiteta criou a convite da companhia Teatro do Ornitorrinco. O diretor executivo do Instituto Bardi / Casa de Vidro, Waldick Jatobá, explicou a ação: “O projeto da edição do Polochon permitirá angariar recursos para dar continuidade às atividades culturais do Instituto Bardi, além de ajudar na manutenção de sua sede, a Casa de Vidro. Assim, a aquisição de cada uma das peças é uma forma de contribuir para preservar e ativar o legado dos Bardi, e também de divulgar o pensamento de Lina, uma das mulheres mais vanguardistas do século 20″.

Curtiu? A obra original está exposta na Casa de Vidro e para comprar a edição limitada do Polochon, clique aqui.

Você também pode gostar