Políticos e esportistas em noite de “tricô” na casa de Hortência

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Aldo Rebelo, Orlando Silva e Hortência: apoio declarado!

Hortência abriu as portas de seu apartamento nos Jardins, em São Paulo, na noite dessa terça-feira para um jantar que reuniu o clã do esporte em torno de Orlando Silva, ex-ministro e candidato a vereador da cidade. Diretora de seleções da Confederação Brasileira de Basquete, ela disse não ter medo de se posicionar politicamente. “Sei que muita gente teve receio de vir aqui, mas foi Orlando quem me recebeu no Ministério do Esporte pela primeira vez”.

Em bate-papo com Glamurama, Orlando Silva afirma ter desobedecido o conselho de marqueteiro de sua campanha para não abordar a crise que culminou na sua saída do ministério dos Esportes. “Um dia me perguntaram se a lei ficha limpa me permitia ser candidato. Respondi que eu era autor dos processos em vigor e o que existia contra mim tinha sido arquivado por falta de provas. As pessoas costumam reagir bem quando falo da crise do ministério”.

Aldo Rebelo, sucessor de Silva no Governo Dilma, foi cumprimentado com entusiasmo por todos, em especial pelo empresário José Victor Oliva, que brincou: “Vamos fazer um evento assim que você for candidato a governador”. Rebelo respondeu que estava mais interessado em se aposentar.

Poderosos das mais variadas instituições e modalidades esportivas deram rasante por lá, como Reinaldo Carneiro Bastos, vice-presidente da Federação Paulista de Futebol, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, presidente do Santos, Bernard Rajzman, chefe do COB, Paulo André, jogador do Corinthians, os ex-jogadores de vôlei Ana Moser e Marcelo Negrão, entre outros.

Você também pode gostar