Pelé: “A Seleção não tem nada a ver com a corrupção”. Leia mais!

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Pelé lança nesta quarta-feira a Casa Pelé de Futebol

Durante coletiva de imprensa do novo projeto do Pelé, a Casa Pelé de Futebol, na manhã desta quinta-feira, em São Paulo, o rei do futebol falou sobre as recentes ondas de manifestações contra a Copa: “Entendo as manifestações, mas a Seleção não tem nada a ver com a corrupção”. Pelé ainda revelou que gostaria que o Brasil fosse para a final com o Uruguai – em revanche à clássica derrota de 1950: “Eu me lembro da Copa no Brasil de 50, quando eu tinha oito, nove anos e o Brasil perdeu. Meu pai, que jogava no Bauru na época, estava chorando depois de ouvir o jogo na rádio e eu disse para ele: ‘Não se preocupe pai que eu vou ganhar uma Copa para você’”.

Apesar de sonhar com a vitória em cima do Uruguai, o rei escolheu Alemanha e Espanha, como os times mais fortes. A coletiva acontece no estádio Cícero Pompeu de Toledo, no Morumbi.

Em tempo: a Casa Pelé do Futebol vai contar com maior projeto de transmissão de jogos da Copa do Mundo de São Paulo, com shows de artistas como Fatboy Slim, Dimitri Vegas, Like Mike e Pete tha Zouk, além de bandas nacionais como Bell Marques e Claudia Leitte. O projeto conta ainda com a exposição Pelé Experience, sobre a vida do jogador.

Você também pode gostar