Artista plástico Sandro Akel inaugura espaço artístico de Zé Carratu com a mostra “Deslocamento”.

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

É em um prédio tombado na Rua Libero Badaró, no coração de São Paulo, com vista para o Vale do Anhangabaú, para a Praça Ramos de Azevedo e para o Teatro Municipal, que o cenógrafo Zé Carratu vai abrigar seu polo de artes. Quem abre a programação do local neste sábado é o artista plástico Sandro Akel, com a mostra "Deslocamento".

* A exposição reunirá mais de 20 trabalhos inéditos do artista, que flerta com a arte urbana e a pop art. As obras, criadas sobre bases de madeira, com papéis, lambe-lambes, objetos, pintura e desenho, ocuparão um andar inteiro do edifício, projetado pelo arquiteto Ramos de Azevedo. É mais um espaço aberto para as artes e uma maneira de ocupar e transformar o lindo centro de Sampa!

Obra de Sandro Akel: abertura com pé direito

Você também pode gostar