Manolo Blahnik em 2014
Manolo Blahnik em 2014 || Créditos: Getty Images

10 momentos marcantes da carreira do sapateiro de luxo Manolo Blahnik

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
467663677CO00013_Manolo_Bla
Manolo Blahnik em 2014 || Créditos: Getty Images

Manolo Blahnik é sinonimo de luxo quando o assunto é sapato – e hoje o sapateiro das estrelas completa 73 anos. Nascido em La Palma, na Espanha, estudou na Suíça e na França e iniciou a carreira em Londres, onde começou a calçar praticamente todo o mundo da moda. Madonna chegou a dizer que usar as peças do desginer era “melhor do que fazer sexo”. Para comemorar a data, relembramos 10 fatos da vida de Manolo Blahnik que definiram sua carreira.

1965 – Depois de se formar em direito na Universidade de Genebra, Manolo se mudou para Paris e começou a estagiar na escola de arte do Museu do Louvre. Lá ele desenvolveu seu senso artístico, o que refletiu nos seus trabalhos futuros.

1970 – Manolo teve a chance de se encontrar com a famosa editora Diana Vreeland e mostrou a ela seu portfólio. Conhecida por suas duras críticas, Diana foi enfática: “Jovem, faça coisas, faça acessórios, faça sapatos”. O elogio feito por ela fez com que Manolo focasse ainda mais em seu trabalho e no desenho de sapatos femininos. Bingo!

Manolo Blahnik em 1982
Manolo Blahnik em 1982 || Créditos: Reprodução

1972 – Focado em viver do design de sapatos, Manolo se mudou para Londres e trabalhou na loja Zapata, no Chelsea, criando peças para a marca. Seu trabalho chamou a atenção do designer Ossie Clark, que o chamou para fazer os sapatos de seu desfile naquele mesmo ano – o primeiro de muitos na carreira do sapateiro.

1973 – Manolo pegou um empréstimo de 2 mil libras e comprou a Zapata.

1980 – Fez uma coleção especial para o desfile de Perry Ellis. Foi a primeira vez que a marca Manolo Blahnik participou de um grande evento nos Estados Unidos.

1994 – O ano mais corrido de sua carreira: assinou coleções para Oscar de la Renta, Bill Blass e Caroline Herrera.

467238799EJ00030_Oscar_De_L
Sapato Manolo Blahnik em desfile de Oscar de la Renta || Créditos: Getty Images

2000 – No ano em que “Sex And The City” estourou na televisão americana, os sapatos Manolo Blahnik foram alçados a acessórios-desejo em todo o mundo. Isso poque eles não saíam dos pés de Carrie, Samantha, Charlotte e Miranda.

Manolo com Sarah Jessica Parker, a eterna Carrie Bradhsaw de "Sex and The City" || Créditos: Rpeorudção
Sarah Jessica Parker, a eterna Carrie Bradhsaw de “Sex and The City” || Créditos: Reprodução

2001 – Nesse ano, ele recebeu o título de doutor honorário do Colégio Real de Artes, em Londres, e o prêmio Águia de Ouro, dado aos melhores nomes da moda espanhola. Ainda recebeu o título de Designer Real, também do governo espanhol, por sua excelência e influência no mundo da moda.

2003 – Foi o primeiro designer de sapatos a ganhar uma exposição individual no renomado Museu de Design de Londres.

2006 – Surpreendeu o mundo da moda ao lançar o “salto sem salto”.

Um de seus famosos "salto sem salto" || Créditos: Divulgação
“Salto sem salto”, uma das obras de Manolo || Créditos: Divulgação
Você também pode gostar