No embalo da medalhista Rayssa Leal, “Skater Girl” é o longa indiano para refletir sobre a importância do incentivo ao esporte

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
À esquerda, Rayssa Leal na final olímpica em Tóquio, e, à direita, Prerna do filme “Skater Girl” || Créditos: Reprodução Instagram e Netflix

No embalo das manobras da nossa fadinha olímpica Rayssa Leal – que ganhou a medalha de prata na estreia do skate em Jogos Olímpicos -, o filme da semana não poderia ser outro além do drama indiano-americano “Skater Girl”. Disponível na Netflix, o longa é dirigido por Manjari Makijany, escritora, diretora e produtora indiana, e conta a história de Prerna uma garota da zona rural da Índia que se apaixona pela sensação de liberdade que o skate proporciona. A adolescente então precisa lutar contra todas as adversidades para realizar seu sonho de se tornar uma skatista e competir em campeonatos nacionais. O filme, mais atual do que nunca, propõe reflexão sobre superação, diferenças culturais, de geração e, principalmente, de gênero, além de discutir a importância do incentivo ao esporte.

Interpretando o papel de protagonista da produção, a britânica Amy Maghera revelou, em entrevista recente à revista norte-americana “Flaunt”, que ficou completamente maravilhada quando conheceu o skate park que a equipe havia montado, não só para o filme, mas para a pequena comunidade indiana. “As crianças tiveram cinco meses de treinamento antes do filme para atuarem como figurantes e elas foram simplesmente fenomenais. É incrível ver como em tão pouco tempo essa iniciativa já mudou a vida de muitas delas. Realmente fiquei sem fôlego. Algumas são tão boas que estão competindo em campeonatos nacionais na Índia e vencendo”, contou extasiada a atriz. Play para assistir o trailer e viva o skate feminino.

 

 

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…