No Brasil desde terça-feira, Gisele não veio antes ao país por causa da sogra

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Galynn, Gisele e Vivian Brady com Tom || Créditos: Getty Images
Galynn, Gisele e Vivian Brady com Tom || Créditos: Getty Images

No Brasil desde a manhã desta terça-feira, quando aterrissou em São Paulo para clicar uma nova campanha sob a direção de Giovanni Bianco, Gisele Bündchen só não veio antes ao país porque a sogra dela, Galynn Brady, ainda se submetia a sessões de quimioterapia para tratar do câncer com o qual foi diagnosticada no ano passado. Como Glamurama contou em fevereiro, Tom Brady, o marido da supermodelo, dedicou a vitória do time dele no Super Bowl deste ano para a mãe.

Bastante debilitada na época, Galynn encerrou há cerca de dois meses o tratamento e está bem melhor, e inclusive voltou a praticar alguns de seus hobbies, como jogar tênis e golfe. Bastante ligado à mãe, Brady até pensa em festejar a melhora dela com toda a família na vila que ele e Gisele mantém na Costa Rica e onde os dois costumam passar esta época do ano. Só falta o médico dar o “ok” para que ela viaje. (Por Anderson Antunes)

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…