Coco Chanel || Créditos: Getty Images

No aniversário de nascimento de Chanel, 5 das grandes revoluções dela na moda

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Coco Chanel || Créditos: Getty Images

Nascida no dia 19 de agosto de 1883, Coco Chanel foi uma das estilistas mais influentes de sua geração, tanto que até hoje é lembrada por suas criações e, em muitos casos, serve de inspiração para vários novos talentos da moda. Além, claro, de ter sido retratada inúmeras vezes no cinema e na TV.

Para celebrar o 134º aniversário de nascimento da “mademoiselle”, Glamurama selecionou 5 das grandes revoluções que ela promoveu e como estas ajudaram a redefinir a mulher moderna. Confira:

As variações do “pretinho básico” da estilista || Créditos: Reprodução

The Little Black Dress

É mito a história de que Chanel criou o modelito, mas ela sem dúvida foi quem mais ajudou a popularizá-lo. Fã de tudo que não é over, a estilista costumava dizer que as mulheres pensam em todas as cores mas se esquecem da ausência de cores, que um pretinho básico garante. “O preto – assim como o branco – carregam consigo todas as cores”, era um dos mantras dela.

Chanel em dois momentos: de calças || Créditos: Reprodução

Mulheres de calças, sim

Nascida em uma época na qual o chic era usar saias com bustiês e chapéus com plumas, Chanel nunca gostou de tal imposição. Não por acaso, ela foi uma das primeiras mulheres na França vistas em público ainda em seus anos de juventude vestindo calças, uma peça exclusiva dos homens até então. A estilista foi pioneira também na popularização do look andrógino, ao fazer suas roupas buscando inspiração no guarda-roupa masculino.

A francesa Audrey Tautou, que interpretou Chanel em “Coco Antes de Chanel” || Créditos: Reprodução

O look tipo cruise

Roupas inspiradas no vestuário dos marinheiros são tão comuns hoje em dia que parecem que sempre estiveram por aí, mas foi Chanel que deu origem à tendência depois que viu, em uma viagem de fim de semana, pescadores franceses vestidos com camisas de listras brancas e azuis. Quando voltou pra casa, ela criou várias peças inspiradas no visual deles e em pouco tempo estava sendo copiada.

A estilista com suas inseparáveis pérolas || Créditos: Getty Images

As maxi joias

Tão populares atualmente, as joias de tamanhos avantajados sempre foram as favoritas de Chanel, que a partir de uma certa idade nunca era vista sem seu inseparável colar de pérolas oversized. O curioso é que, embora possuísse peças valiosíssimas, ela preferia usar bijuterias mesmo, frequentemente reformando peças que comprava para deixá-las do seu jeito.

O terninho Chanel: clássico dos clássicos até hoje || Créditos: Reprodução

O terninho Chanel

Claro que a peça não poderia ficar de fora de uma listinha com as maiores criações de Chanel. A jaqueta sem gola, a saia um pouco pesada com botões… Todos os grandes estilistas que surgiram depois dela criaram variações do clássico da moda, cujo design é atribuído exclusivamente à estilista, como tudo muito simples mas com muta elegância. “Menos é mais”, já dizia a mademoiselle.

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…